Eurofarma adquire Medipharm e reforça presença no Chile

Com aquisição, empresa torna-se a 4ª maior farmacêutica de capital regional no país

A Eurofarma, empresa de capital brasileiro entre as maiores farmacêuticas da América Latina e com presença em 20 países, acaba de reforçar suas operações no Chile com a aquisição da Medipharm, da Empresas SB. Com a transação, a companhia passa do 45º para o 21º lugar no mercado chileno.

A aquisição proporcionará um significativo crescimento da operação e está alinhada aos objetivos definidos no plano estratégico – visão 2022, o qual estabelece que as operações internacionais respondam, neste horizonte de tempo, por 30% das receitas da companhia, como explica a vice-presidente de Sustentabilidade e Novos Negócios, Maria del Pilar Muñoz. “A Medipharm está no mercado desde 1985 e fez um trabalho intenso junto ao ponto de venda e construção de marcas. Com a aquisição, teremos um incremento de até 10% no total das vendas internacionais e, especificamente no Chile, devemos figurar entre as quatro maiores de capital latino-americano”.

Para a Empresas SB, a motivação da venda está relacionada com a aposta no core da empresa. “Decidimos focar em nossa principal atividade, os negócios de varejo e o gerenciamento de nossa rede de farmácias. Essa transação cumpre com a decisão estratégica da empresa que pretende concentrar esforços e investimentos nas vendas e distribuição de medicamentos”, explica o gerente Geral da Empresas SB, Matías Verdugo.

O canal farmácia no Chile teve vendas auditadas de US$ 1,73 bilhão em 2018, um crescimento de 4,4% sobre o ano anterior, o país responde por 5,3% das vendas da região. A Medipharm possui um portfólio de mais de 140 medicamentos, entre os quais neurológicos, respiratórios e gastrointestinais, agregando mais valor ao portfólio da Eurofarma, que conta com mais de 100 produtos em linha no território chileno. “A aquisição da empresa vai nos possibilitar um incremento de 75% nas receitas da Eurofarma Chile. Além disso, adquirimos uma planta fabril de última geração, com 13.700 m2 e capacidade para produzir 1,3 milhão de unidades ao ano”, ressalta o gerente de Novos Negócios e Corporate Venture, Marco Billi.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: divulgação

Cade aprova com restrições joint venture entre Pfizer e GSK

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário