fbpx

Rede de Farmácias Nissei investe no setor de manipulação e aumenta vendas em até 200%

Criação de loja física das Farmácias Nissei dedicada a manipulação e o aperfeiçoamento logístico são diferenciais que geram crescimento

A Rede de Farmácias Nissei lança sua primeira loja dedicada ao setor magistral, ou como é popularmente conhecida a área de manipulação. Além desta novidade, a marca realizou um aperfeiçoamento logístico que trouxe, como benefício, a possibilidade de entrega em todo o estado em até 48h. Consequentemente, o aumento de vendas foi de até 200% em determinados medicamentos.

“Temos três diferenciais principais que explicam o sucesso deste trabalho: preço competitivo, rapidez e qualidade na produção e na logística”. Assim, explica a gerente farmacêutica da Nissei, Solange Kanashiro. Os pedidos de manipulação de medicamentos, assim como a captação de receitas, estão disponíveis em qualquer uma das farmácias da rede. Das lojas, seguem para o laboratório de manipulação, com mil m² e equipado com tecnologia de ponta. O local possui 60 profissionais técnicos, com um rigoroso controle de qualidade em todas as matérias-primas, bem como grande variedade de princípios ativos e formulações supervisionadas por farmacêuticos qualificados.

No mercado de manipulação, a qualidade da matéria-prima é importante: duas vezes ao mês, os produtos – que variam de fitoterápicos a sublinguais – são adquiridos e conservados em salas de refrigeração especialmente preparadas para atender a essa demanda. “Esse fluxo constante permite pronto atendimento e mantém a composição essencial desses produtos, que muitas são essenciais para a saúde das pessoas”, ressalta Solange.

O setor é regulamentado pela RDC-67 (Regulamento Técnico sobre Boas Práticas de Manipulação de Preparações magistrais e Oficinais para uso humano em farmácia relacionados à limpeza e cuidado para a produção de medicamentos manipulados). “A vigilância sanitária sempre está em contato conosco, o que assegura transparência no processo e, também, confiança no trabalho que realizamos aqui”, diz Solange.

Foto e fonte: Nissei



Deixe um comentário