fbpx

Registro de medicamentos bate recorde

Anvisa dobra número de pedidos concedidos

O número de registros de medicamentos e produtos biológicos e insumos farmacêuticos ativos (IFAs) dobrou nos últimos três anos, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em 2016, a Agência concedeu 882 registros, contra 366 em 2014. A agilidade da análise manteve um ritmo constante, com 773 novos produtos em 2015.

A Gerência-Geral de Medicamentos e Produtos Biológicos (GGMED) é a área da Anvisa responsável por insumos farmacêuticos ativos, medicamentos, produtos biológicos, sangue, tecidos, células e órgãos, pela anuência prévia nos pedidos de patentes e processos farmacêuticos e pela coordenação das atividades da Comissão da Farmacopeia Brasileira.

Entre os registros concedidos, 15 produtos destinados ao tratamento de câncer são destacados por sua inovação. Além disso, 28 novos medicamentos genéricos foram produzidos com substâncias ativas inéditas.

Uma das possibilidades usadas é a priorização de análise, instrumento regulatório que possibilita a diminuição drástica do tempo de fila, reduzindo o prazo necessário para a avaliação de petições de interesse público. No ano passado, foram avaliadas 428 solicitações de priorização e 62% (266) foram deferidas pela Anvisa.

Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)
Foto: Shutterstock

Deixe um comentário