Deputada federal propõe projeto de lei para piso salarial de R$ 8.360 e jornada de 30 horas para farmacêuticos

A proposta altera a Lei nº 13.021, de 8 de agosto de 2014, que dispõe sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas

A deputada federal Alice Portugal (PCdoB/BA) apresentou o PL 2028/2021 na Câmara dos Deputados para instituir o piso salarial e a jornada de trabalho de 30 horas para os farmacêuticos e farmacêuticas de todo o País.

A saber, a Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Assistência Farmacêutica, Alice sempre esteve na linha de frente na luta por melhores condições de trabalho a essa importante categoria.

“Os farmacêuticos são profissionais de extrema relevância, a presença deles nas farmácias permite uma maior segurança no comércio e na administração de medicamentos à população. Fixar uma remuneração mínima e uma jornada de trabalho dignas são fatores que podem, de forma prática, assegurar uma melhor qualidade de vida a essa categoria e um atendimento mais bem qualificado e com maior atenção aos consumidores”, afirma Alice.

Dessa maneira, a proposta altera, então, a Lei nº 13.021, de 8 de agosto de 2014.

Que dispõe, portanto, sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas.

Para determinar, então, a duração do trabalho dos farmacêuticos de 30 horas semanais e salário profissional de R$ 8.360 reais.

O projeto também propõe que o salário profissional estabelecido será corrigido anualmente pelo valor consolidado do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M).

Divulgado pela Fundação Getúlio Vargas, (FGV) ou por outro que venha a substituí-lo.

“A deputada é uma aliada, entende das necessidades da categoria porque também é farmacêutica. A proposta é justa e se soma aos esforços e outros projetos de lei que defendemos no legislativo”, comentou o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado.

Farmacêuticos: os heróis na linha de frente 

Fonte: CRF-SP

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário