Filiais da Drogal participam do Outubro Rosa

A rede Drogal fará ações de conscientização sobre o câncer de mama no Outubro Rosa e sobre o câncer de próstata em alusão ao Novembro Azul

O câncer de mama é o tipo de doença mais comum entre as mulheres no mundo, inclusive no Brasil. Neste mês dedicado a conscientizar e esclarecer sobre a importância do autoexame, os colaboradores da Rede Drogal usam um botão nas cores rosa e azul. Folhetos explicativos sobre a doença também são entregues aos clientes em todas as unidades. A ação tem outro alvo de conscientização: a prevenção ao câncer de próstata, que em novembro terá atenção nacional.

“Este é o quinto ano consecutivo em que realizamos a campanha, visando atingir mulheres e homens. Somente a prevenção pode ajudar a diminuir o número de casos no Brasil e promover a qualidade de vida”, diz o coordenador de marketing da Rede Drogal, Alex Camargo.

Todas as 163 unidades, localizadas em 67 cidades do estado de São Paulo, estão envolvidas na ação. “Outro ponto importante é a parceria firmada com o Hospital Ilumina de Prevenção e Diagnóstico do Câncer, recém-inaugurado em Piracicaba (SP). A Drogal se tornou mantenedora do Hospital, reafirmando as ações em saúde e prevenção” completa Camargo.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), para 2019 são estimados mais de 59 mil novos casos de câncer de mama. A doença foi a causa de mais de 16 mil mortes em 2017, mas apesar da agressividade, quando descoberta logo no início há mais chances de tratamento, e a possibilidade de cura aumenta.

Outubro Rosa na rede Drogal: causas do câncer de mama

Entre as causas estão o sedentarismo, a ingestão de bebidas alcoólicas, tabagismo e histórico familiar, com predisposição genética hereditária. Embora em proporção menor, os homens também podem ter a doença. Este é um motivo de preocupação das redes de saúde, pois eles só procuram ajuda médica quando o câncer está em fase adiantada.

As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico e a mamografia. Nos folhetos, a Rede Drogal também recomenda que as mulheres conheçam o próprio corpo com a realização do autoexame, que deve ser feito logo após a menstruação ou sempre no mesmo dia de cada mês para quem não menstrua.

Durante o toque, é importante procurar deformações ou alterações no formato das mamas, caroços nos seios ou axilas, ferida ao redor do mamilo, retrações ou abaulamentos e secreções pelos mamilos. Se encontrada alguma anomalia, um médico deve ser consultado.

Câncer de próstata

O Novembro Azul é evento nacional de conscientização sobre o câncer de próstata, ainda tratado como tabu pelos homens. A recomendação é que os exames de prevenção sejam feitos a partir dos 45 anos, em casos da doença na família. Para quem não tem registro de antecedentes, a idade ideal é a partir dos 50 anos.

Sintomas como jato de urina muito fraco ou reduzido, dor ao ejacular, problemas em conseguir ou manter a ereção, sangue na urina, necessidade de urinar frequentemente, especialmente à noite, devem ser relatados ao médico para o diagnóstico correto.

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura ajuda a diminuir o risco do câncer de próstata. Pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar são recomendações do Ministério da Saúde para evitar o câncer de próstata.

Foto: Rede Drogal
Fonte: Rede Drogal

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário