Genérico do Annita volta a ser comercializado

TJ do Rio de Janeiro cassa decisão da Vara Empresarial

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro cassou a decisão da 6ª Vara Empresarial do estado que proibia o laboratório Althaia de comercializar o genérico do medicamento Annita, a base do princípio ativo do nitazoxanida, destinado ao tratamento de infecções causadas por parasitas.

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região já havia cassado a decisão que suspendia a sentença de 1ª Instância que reconheceu a nulidade da patente do medicamento fabricado pelo Laboratório Farmoquímica. Com a versão genérica, o preço do produto, que varia entre R4 58,99 e R$ 77,49, irá cair em até 60%, facilitando o acesso para a população de baixa renda.

O Annita movimentou, entre novembro de 2016 e outubro de 2017, o equivalente a R$ 200,3 milhões, apresentando um crescimento em valor da ordem de 40%. Em volume, o medicamento cresceu 18%, tendo sido comercializadas cinco milhões de unidades no mesmo período.

Fonte: Assessoria de Imprensa Althaia (Vital)
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário