O que é Cefaleia em salvas?

Dores fortes, relacionadas a um período da vida, caracterizam esse tipo de dor de cabeça

Marcada pelas crises em uma determinada época da vida do paciente, por isso chamada em salvas, a doença tem crises de dor bastante fortes associadas à hipertemia conjuntival ipsilateral, lacrimejo, congestão nasal, rinorreia, sudorese da região frontal e da face, miose e inquietação da pálpebra.

De acordo com o Dr. Evaristo, a dor é mais localizada na região dos olhos, normalmente de certo lado, de forma muita intensa, às vezes descrita como uma sensação de facada. “Costuma ocorrer, em certo paciente, com caráter mais sazonal (certa época do ano), período em que alguns fatores desencadeantes se tornam de maior risco para essa ocorrência, o que é especialmente visto com o uso de bebidas alcoólicas”, completa.

A dor muito forte costuma acontecer entre 15 a 180 minutos (se não tratada) e uma crise pode durar semanas ou meses. Dados da Classificação Internacional de Cefaleia revelam que 10% a 15% dos pacientes possuem cefaleia em salvas crônica.

Saiba mais sobre a dor de cabeça, que acomete quase toda a população.

Foto: Shutterstock

Brasileiro deixa a desejar

Edição 297 - 2017-08-01 Brasileiro deixa a desejar

Essa matéria faz parte da Edição 297 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.