fbpx

Programas de laboratórios dão descontos de até 60%

Por questões éticas, os programas de descontos são pouco divulgados

Com o objetivo de fidelizar clientes, laboratórios farmacêuticos mantém programas próprios de descontos, nos quais o consumidor pode pagar até 60% menos na compra de um medicamento. Ao menos nove empresas já possuem este tipo de estratégia.

Os programas de laboratórios fornecem, em sua maioria, medicamentos de uso contínuo ou por tempo prolongado. Mas, apesar do benefício, por questões éticas, os programas de descontos são pouco divulgados.

De acordo com Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2012, 46,8% da despesa média mensal com saúde da família brasileira são direcionados à compra de remédios. Este valor é superior ao que se gasta com plano de saúde (29,8% da renda com saúde).

Conheça alguns programas de laboratórios

As empresas possuem programas e páginas de relacionamento exclusivos para os programas de descontos. Por exemplo, há o “Cuidados pela Vida” da Aché, “Programa Vale Mais Saúde” da Novartis, “HealthCare” da Bayer e “Conexão saúde” da Sanofi-Aventis. Assim também, há o “Vida Mais” da Mantecorp, “Faz Bem” da AstraZeneca, e o “Mais Pfizer”, da Pfizer. A a Lundbeck Brasil também oferece o programa.


Nos site ou nas centrais telefônicas de relacionamento os clientes podem encontrar os produtos sobre os quais são oferecidos os descontos. Os descontos são aplicados sobre o preço máximo ao consumidor na compra do medicamento. Já os produtos oferecidos, variam de acordo com cada laboratório.

Por fim, para receber o benefício é preciso se cadastrar diretamente no laboratório responsável pelo medicamento. As informações podem ser obtidas por meio do telefone de atendimento ao consumidor nas embalagens dos produtos. Além disso, estão disponíveis na página da empresa na Internet.

 

Programas de laboratórios: como participar?

Varejo

Cada laboratório tem suas próprias diretrizes para o cadastro dos pontos de venda (PDVs). Assim, esse cadastro deve obedecer os acordos comerciais entre a indústria e o varejo. De uma forma geral, as farmácias precisam atender a requisitos técnicos não só de compatibilidade geográfica e tecnológica, como também comerciais e legais, estabelecidos pelas empresas.

Desse modo, no próprio site das farmacêuticas, há informações disponíveis sobre o programa e como participar.

Consumidor

Para o cliente, a farmácia é o principal canal de informação sobre os descontos oferecidos pelos laboratórios em determinados medicamentos. É no balcão que ele fica sabendo se o medicamento que precisa comprar faz parte de algum programa. Para fazer o cadastro, o cliente precisa ter em mãos a prescrição médica e seus dados pessoais.

O cadastro no programa de descontos pode ser feito no próprio PDV, com o auxílio do balconista ou farmacêutico. Ou, diretamente pelo cliente através do site da farmacêutica que estiver oferecendo o benefício.

Fontes: Todo Dia e Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock


IQVIA aponta os dez medicamentos de prescrição mais vendidos no mundo

Deixe um comentário