Quanto vale o mercado farmacêutico brasileiro?

País tem a maior representatividade da América Latina

O mercado brasileiro de medicamentos movimentou, no ano passado, R$ 56,80 bilhões ou US$ 17,79 bilhões (canal farmácia, valor líquido – desconto médio de 40,55%), com um crescimento, em reais, de 11,73% em comparação ao mesmo período em 2016, segundo a IQVIA. Esses dados fazem com que o Brasil represente, aproximadamente, 2% do mercado mundial, sendo o oitavo país em faturamento no ranking das vinte principais economias.

Na América Latina, o Brasil é o principal mercado, na frente do México (US$ 5,4 bilhões) e da Argentina (US$ 5,4 bilhões). Em 2017, o mercado nacional de medicamentos foi composto por 241 laboratórios farmacêuticos autorizados para comercializarem medicamentos. do total, 40% (97) possuem capital de origem internacional e 60% (144) possuem o capital de origem nacional.

Dentro do canal farma, as empresas multinacionais representam cerca de 52,44% do mercado em faturamento e 34,75% em unidades vendidas (caixas). Já as empresas nacionais apresentam aproximadamente 47,56% do mercado em faturamento e 65,25% em unidades vendidas (caixas). A crescente participação dos genéricos foi o principal impulsionador da liderança em vendas por unidades.

Fonte: Perfil da Indústria Farmacêutica – Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma)
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário