PDV

Serviços clínicos nas farmácias apresentam crescimento de 62%

No primeiro semestre de 2019, o número de consultas nos serviços clínicos cresceu 62% em relação ao mesmo período do ano passado

Após o lançamento do programa da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), o Assistência Farmacêutica Avançada, em 2014, as salas clínicas vêm registrando um crescimento exponencial.

Só no primeiro semestre de 2019, o número de consultas para serviços farmacêuticos cresceu 62% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram realizados mais de 800 mil atendimentos no serviço clínico, num total de 291 por loja da associação. As grandes redes que integram o projeto já contabilizam quase três mil espaços do gênero. Dessa forma, representando um incremento de 9,4%.

As maiores concentrações de salas estão nas regiões Sul e Sudeste do País. Entre elas, 1.029 salas estão em São Paulo, 418 em Minas Gerais, 273 no Rio Grande do Sul e 259 no Paraná. Além disso, mais de sete mil farmacêuticos atuam no atendimento dos serviços farmacêuticos. Assim, representando uma média de 2,6 por farmácia. “As salas clínicas começaram a mudar a realidade do acesso à saúde. Afinal, começaram a estimular a adesão aos tratamentos. Além disso, elas auxiliam a colocar os farmacêuticos na linha de frente nesse processo”. Isso é o que ressalta o coordenador do programa, Cassyano Correr.

Entre os serviços mais solicitados, destaque para o testes de colesterol e de perfil lipídico. Ambos os serviços são realizados por mais de 300 farmácias em todo o Brasil. “Apesar de ainda não contar com uma regulamentação específica por parte da Anvisa, mas respaldados pela Lei 13.021/2014, os testes laboratoriais remotos (TLR) também são serviços que registram elevada procura por parte da população”, finaliza Correr.

De acordo com o Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico (ICTQ), 25% dos brasileiros buscam serviços clínicos em farmácias.

Foto: Shutterstock
Fonte: ICTQ

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário