5 dicas de como melhorar o atendimento em instituições de saúde

Uma jornada de trabalho sem falhas é fundamental para uma evolução constante

Oferecer um atendimento de excelência, com a criação e a visualização de uma Jornada Digital do Paciente, é algo que sempre faz uma instituição de saúde sair e manter-se à frente do mercado.

Não importa o segmento, um bom atendimento resulta em um bom retorno para o empreendimento.

Com isso, especialistas da Pixeon, healthtech com soluções de softwares para a área da saúde, elencaram 5 dicas para que você consiga melhorar este quesito em sua clínica, independentemente da especialidade.

“Temos que compreender que as ferramentas simplificam processos, otimizam resultados e resolvem gargalos. Essas ações precisam ser apoiadas, através de um sistema de gestão de ótima qualidade, sem espaço para erros, onde os dados possam ser extraídos, gerando indicadores de desempenho e medindo a evolução constante desses pontos, para que assim seja possível a concretização de uma jornada sem falhas, é fundamental a busca de uma evolução constante“, comenta o Diretor de Transformação Digital da Pixeon, André Gentil.

Confira as principais dicas 

1. Agilidade e autoatendimento

A agilidade e eficiência em informações precisas devem ser primordiais para um bom atendimento.

Certamente, além disso, o autoatendimento, com agendamento on-line, check-in na recepção e chatbot com inteligência artificial trazem mais conforto na jornada do paciente e mais praticidade para todos os funcionários da instituição.

2. Omnicanalidade

O paciente deve ter a possibilidade de escolher a forma que vai falar com a instituição, se é telefone, chat ou WhatsApp.

Dessa maneira, os canais de atendimento devem ser coesos, com linguagem e informações padronizadas.

Os horários dos canais devem, então, estar atualizados e descritos de maneira clara, indicando as alternativas possíveis.

Por exemplo: se o horário do call center se encerrou, o WhatsApp ainda pode estar disponível.

3. Facilidade na comunicação de imprevistos e atrasos

Uma jornada do paciente bem desenhada deve considerar que imprevistos podem acontecer.

Contudo, serviços como reagendamento e cancelamentos devem sempre ser facilitados.

Criar uma inteligência de antecipação na clínica pode ser um fator diferencial para otimizar a agenda, permitindo, então, uma comunicação mais transparente e agradando bastante a todos os pacientes.

4. Invista em Inteligência de Dados (Comece pela Redução de Papéis)

Responder sempre o mesmo questionário quando chegamos ao médico é cansativo, não é inteligente.

Portanto, investir em uma gestão de inteligência de dados com armazenamento regular de informações pode ser uma solução para agilizar etapas — certamente, tanto para a instituição quanto para o paciente.

5. Pontualidade

Seja pontual. O atraso dos compromissos pode, então, afetar a confiança do paciente na instituição de saúde. Ser pontual gera um ganho de eficiência em toda a cadeia de atendimento.

Porém, para ser pontual não é apenas uma questão de tempo de atendimento.

Contudo, é necessário toda a coordenação e inteligência de dados para saber o tempo médio de cada procedimento considerando, portanto, a experiência de um paciente.

Assim, um atendimento direcionado para um idoso será sempre mais longo do que um direcionado para uma pessoa jovem.

CVS Health vai colaborar com a Novo Nordisk para combater a obesidade 

Fonte: Pixeon

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário