Como tratar a micose?

Os tratamentos para micose variam de acordo com o paciente, localização e extensão das lesões

Mais comuns no verão, os fungos causadores das micoses não escolhem sexo e faixa etária para atacar, mas é possível tratar.

De acordo com o dermatologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Dr. Leonardo Abrúcio, e a dermatologista do Hospital Santa Paula, Dra. Maria Luisa Barros, existem os seguintes tratamentos:

Medidas medicamentosas para tratar a micose

Os tratamentos para micose variam de acordo com o paciente, localização e extensão das lesões.

Se o paciente tem uma micose leve, localizada entre os dedos dos pés, uma opção é o uso de antifúngico tópico em forma de creme.

Já nas unhas, se a micose for pequena, com baixo grau de comprometimento, o tratamento pode ser feito com um antifúngico em forma de solução ou esmalte.

Agora, quando a micose é mais extensa, podem ser empregados antifúngicos sistêmicos, assim, sempre tomando cuidado para evitar interações medicamentosas.

Aliás, em determinados casos, o recomendado é a integração do tratamento tópico e sistêmico.

Medidas não medicamentosas para tratar a micose

Algumas medidas não medicamentosas também podem ajudar.

Quando a micose acontece na unha, por exemplo, o ideal para o tratamento ser eficaz é evitar o uso de esmaltes, optando pelo produto na forma de esmalte antifúngico ou solução antifúngica, assim, a solução atua melhor.

Além disso, evitar a remoção das cutículas – procedimento comum na cutelaria –, pois a região pode ser a porta de entrada para fungos.

Parte do tratamento inclui, ainda, manter o corpo e dobras sempre secos, usar sapatos abertos, ou trocar com frequência meias e calçados, sempre optando por meias de algodão.

Micose: Além da pele 

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

*Conteúdo exclusivo do Guia da Farmácia. Ao reproduzir, colocar a fonte e o link para o texto original.

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário