fbpx

Produtos para os cabelos são tendência nas farmácias

As opções nas prateleiras de cuidados para os fios estão cada vez maiores e é essencial que os atendentes da farmácia estejam antenados com as tendências e os tipos de produtos disponíveis para o shopper

O empoderamento feminino está diretamente ligado à diversidade de cabelos presentes nas ruas. As mulheres estão assumindo seus fios naturais, sejam eles lisos, crespos, ondulados ou cacheados. E estão, também, abusando das cores para imprimir sua personalidade na estética.

Atrelada a isso, está a tendência cada vez maior do consumidor preferir se cuidar em casa, buscando uma variedade enorme de tipos de produtos e especificações, aumentando as gôndolas de itens para cabelos nas farmácias.

Veja Mais

De acordo com o diretor de educação da Alfaparf Milano e Yellow Professional, Daniel Carvalho, os principais produtos para o cabelo continuam sendo o agente de limpeza (xampu), o agente condicionante (condicionador ou máscara), o sérum e a finalização (leave in) com proteção, normalmente um creme para pentear.

“O xampu tem função adstringente, que é o responsável por fazer a limpeza profunda dos fios. O condicionador fecha as cutículas e deixa o cabelo extremamente macio e, no fim, o leave in que tem protetor com filtro contra os raios ultravioleta (UV)”, explica ele.

Já as ampolas são, normalmente, para uso de um tratamento rápido ou ação imediata. As máscaras já são mais profundas. O sérum é indicado para os cabelos finos. O creme de pentear é um leave in para ficar no cabelo e proteger das agressões externas.

Tendências em tintura e coloração para a temporada de inverno

As tendências estão muito diversificadas, mas a cor Pantone 2019 é o coral. Além disso, os tons de violeta continuam muito fortes, pois combinam com o inverno, por serem cores frias. Em geral, as cores estão sempre dentro dos castanhos, acobreados e loiros.

Trabalhos como o loiro dégradé que começa com a raiz mais escura e clareia até as pontas, cores em tons castanhos e chocolates, loiro platinado com o fundo acinzentado e a cor marsala continuam em alta para os próximos meses.

Fontes: diretor de educação da Alfaparf Milano e Yellow Professional, Danilo Carvalho; e gerente de marketing do Grupo Cless, Daniela Farien Ferré

Há, ainda, os produtos de categoria de nicho, como Hair Spray e Pó Descolorante – buscados por consumidores para um desejo específico, como descolorir os fios para ter os cabelos platinados ou para usar tinturas fantasia.

“Existem muitos produtos voltados para o cabelo: tratamento, nutrição, fixação, descoloração. Cada categoria e estratégia requer abordagens distintas como preços diferenciados (estratégias de low price ou de top of mind/desejo), cores de embalagens, comunicação e mídias para acessar o público-alvo/cliente”, frisa a gerente de marketing do Grupo Cless, Daniela Fairen Ferré.

No caso das colorações, também há bastante diversidade. Carvalho complementa dizendo que a permanente é indicada para cobertura total de fios brancos. As oxidativas, que também são permanentes, conhecidas como tom sobre tom, dependem do ativador para fazer a revelação desse pigmento indireto.

Há, ainda, as cores com pigmentos diretos, que é a coloração temporária que permanece nos fios em um período de sete a 20 lavagens, dependendo da marca. E por fim, as colorações que são apenas para matização dos fios, fazendo a intensificação da cor, normalmente, são os xampus coloridos quando o cabelo está desbotando.

Dentro de casa

Com a recessão do mercado brasileiro nos últimos anos, a tendência de se cuidar sem a ajuda de um profissional aumentou.

“Como as farmácias são pontos convenientes de compras, normalmente, com estacionamento e rápido acesso a produtos de diversas categorias, como: medicamentos, cosméticos, higiene pessoal, entre outros, elas se tornam uma das principais opções para consumidoras finais, dependendo do público, do que outros canais de venda”, comenta Daniela.

Segundo ela, ainda que o mercado esteja começando uma pequena retomada, o hábito de fazer tratamentos em casa não será alterado. Os serviços serão procurados em salão, mas talvez não com tanta frequência como anos atrás. Para isso, é preciso que a indústria entregue não somente um produto ou serviço, mas experiências e momentos diferenciados para agregar em sua jornada de compra.

Finalidades diversas

Ampolas

Ajudam a reforçar tratamentos capilares. Elas, normalmente, suprem a necessidade de nutrientes e vitaminas que foram perdidos, deixando os fios nutridos e macios. O objetivo pode ser distinto dependendo do tipo de tratamento, como, por exemplo: hidratar, nutrir, reparar, etc.
São recomendadas para quem está sem tempo, pois agem em poucos minutos e as fórmulas são concentradas. É muito importante verificar no rótulo o tempo e quantidade de aplicação. Normalmente, o cabelo deve estar limpo, sem resíduo e úmido.

Máscaras

Normalmente, servem para hidratar os cabelos, como elas possuem muitos ativos em sua formulação, como, por exemplo: óleo de argan, ReparAge, óleo de coco, d-pantenol e colágeno, elas promovem um tratamento na estrutura capilar, repondo água aos fios, deixando os cabelos hidratados e tratando os fios danificados. A aplicação também é com o cabelo úmido, limpo e sem resíduo.

Cremes de pentear

São utilizados para facilitar o desembaraço do cabelo após a lavagem. Ajudam também na hidratação dos fios e caso a formulação possua filtro contra raios ultravioleta (UV), também protegerão os cabelos dos raios solares. Caso a pessoa tenha cachos, o creme de pentear também pode ajudar a defini-los

Sérum

É um produto mais fluído e não gorduroso, com ingredientes ultraconcentrados em ativos específicos – depende do tratamento e que, por isso, consegue produzir efeitos mais rápidos, sejam eles hidratação, nutrição ou tratamento.

Fonte: gerente de marketing do Grupo Cless, Daniela Farien Ferré

Mas para o autoconsumo, ainda é preciso que o shopper esteja acompanhado de um especialista. O papel do promotor dentro das farmácias é muito importante, pois ajudará a fazer um diagnóstico preciso para fazer uma venda direcionada e real.

O consumidor, muitas vezes, exemplifica o diretor da Alfaparf, acredita que o cabelo se acostuma com o produto X e ele não faz mais efeito, porém não é bem assim. Se um cabelo está danificado, por exemplo, serão indicados produtos para reconstrução capilar. Depois do uso e do tempo correto para o tratamento, se o uso for contínuo, os fios certamente ficarão rígidos. Então, o consumidor acredita que o produto não está mais fazendo efeito.

Na verdade, aquele cabelo não precisa mais de produtos para reconstrução, então é necessário fazer um novo diagnóstico e novas indicações de xampus, cremes, ampolas e máscaras.

Além da organização

Ainda que a exposição correta dos produtos seja essencial para que o consumidor encontre rapidamente os seus itens preferidos, é muito importante ter a presença de um especialista no ponto de venda (PDV).

As farmácias têm uma forte tendência na venda de cosméticos, por isso, colocar um profissional que fique à disposição do cliente é primordial para uma venda benfeita. Para Cunha, os varejistas que investem nisso saem na frente, porque o consumidor não quer ser enganado ou investir em produtos que não serão úteis.

Além disso, a loja pode investir em experiências ao consumidor final, trazendo para ele conhecimento e realidades diferentes. “Como existe muita concorrência nessa categoria, quanto mais esclarecimento para ajudá-lo na decisão, melhor”, finaliza Daniela.

Foto: Shutterstock

Conhecimento é Tudo!

Edição 319 - 2019-06-06 Conhecimento é Tudo!

Essa matéria faz parte da Edição 319 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o colunista

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.