Nos EUA, vacinado pode sair sem máscara e participar de aglomeração

Nos EUA, quem já recebeu duas doses da vacina e esperou duas semanas para que fizessem efeito, está autorizadas a não usar máscaras, exceto em ambientes de saúde para a proteção contra o novo coronavírus

Voltar a sair na rua sem máscara, participar de festas e aglomerações sem medo de ser contaminado pela Covid-19 é o sonho de todo mundo.

A boa notícia é que essa possibilidade está bem mais perto em alguns países.

Nos Estados Unidos, por exemplo, os cidadãos norte-americanos que já foram totalmente vacinados podem parar de usar máscaras, facilitar os protocolos de distanciamento.

Além de também começar a fazer as coisas que faziam antes da pandemia.

Com a nova decisão, quem já recebeu duas doses da vacina contra a Covid-19, e esperou pelo menos duas semanas para que fizessem efeito, está autorizado a largar suas máscaras em todos os lugares, exceto em ambientes de saúde, de acordo com o Centro de Controle americano.

A publicação destaca que a mudança ocorre um dia depois de um painel consultivo do Centro de Controle dar sinal verde para o uso da vacina da Pfizer para crianças de 12 a 15 anos, tornando o desmascaramento universal ainda mais possível.

Vale destacar que as vacinas contra a Covid-19 têm se mostrado altamente eficazes na prevenção de infecções e ainda melhores em interromper hospitalizações e mortes.

Além disso, nos raros casos em que as pessoas vacinadas são infectadas, os estudos mostram que geralmente têm uma carga viral mais baixa.

O que significa, então, que têm menos probabilidade de transmitir o vírus e podem ter uma doença mais branda.

16 dúvidas sobre a máscara PFF2/N95, a mais eficiente contra o coronavírus 

Fonte: IstoÉ Dinheiro

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário