Abradilan: venda de medicamentos sobe 9% no ano

Destaque fica para os genéricos, que representam 42,6% dos resultados

No acumulado dos últimos 12 meses (de outubro de 2017 a outubro de 2018), a venda de medicamentos e não medicamentos dos associados da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan) totalizou R$ 5,5 bilhões, 9% mais do que o mesmo período comparativo do ano anterior, quando chegou a R$ 5 bilhões. Em unidades, foram comercializadas 1.024 bilhão em 2018 e 982 milhões em 2017. Os dados fazem parte da pesquisa da IQVIA a pedido da Abradilan.

A entidade, que reúne 144 empresas distribuidoras de medicamentos e produtos de higiene pessoal e cosméticos, totalizou, entre janeiro e outubro deste ano, R$ 4,7 bilhões na venda de medicamentos e não medicamentos, aumento de 8,9% quando comparado aos dez primeiros meses de 2017, quando registrou R$ 4,2 milhões.

Em outubro último, a venda de medicamentos e produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC) dos associados da Abradilan atingiu a marca de R$ 483,8 milhões, crescimento de 7,3% em relação a 2017, que alcançou R$ 450,6 milhões. Em unidades, o volume comercializado no décimo mês de 2018 chegou a 85,6 milhões, diante de 83,3 milhões de 2017, incremento de 2,7%.

Genéricos e similares em destaque

Na distribuição de segmentos dos produtos na Abradilan em outubro, os medicamentos genéricos e similares representam 42,6% das vendas em valores. Em unidades, o percentual é um pouco maior, 44,2%. Ainda no mesmo mês, a pesquisa apontou que os associados da Abradilan atingem 85% das cerca de 75 mil farmácias no Brasil.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário