fbpx

RDC 81/08 diminuirá custos de cargas de produtos farmacêuticos

Encontro foi feito para discutir a nova medida

A convite do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), o gerente-geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Marcus Aurélio Miranda Araújo, orientou as empresas do segmento sobre a RDC 208/18, que simplifica procedimentos para a importação de bens e produtos sujeitos à Vigilância Sanitária.

A Resolução contribui para a diminuição de custos de armazenagem e tempo de liberação de cargas da indústria farmacêutica em portos e aeroportos. A nova medida revisa e revoga vários itens da RDC 81/08.

O encontro foi coordenado pela diretora de Assuntos Regulatórios do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Rosana Mastellaro, e contou com a participação do gerente de Comércio Exterior da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) Ricardo de Nóbrega; e do coordenador da Coordenação de Gestão da Informação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária da Anvisa, Cristiano Gregis.

Fonte: Comunicação Sindusfarma
Foto: Divulgação

Deixe um comentário