Farmácias do Reino Unido começam a vacinar contra o coronavírus

Farmácias populares estão ajudando o Reino Unido a cumprir a meta de imunizar 15 milhões de pessoas até fevereiro

As farmácias no Reino Unido começaram a administrar vacinas contra a Covid-19 na última quinta-feira (14).

Dessa maneira, o governo busca acelerar a distribuição dos imunizantes para milhões de pessoas por semana para cumprir uma meta ambiciosa de entrega.

Farmácias populares, como Boots e Superdrug, vão oferecer as vacinas, com duzentas outras farmácias comunitárias a serem incluídas na próxima quinzena, reunindo hospitais, consultórios médicos e sete centros de grande porte na aplicação de vacinas.

O primeiro-ministro Boris Johnson disse na última quarta-feira (13) que o Reino Unido tinha como meta um programa de vacinação de 24 horas, 7 dias por semana, o mais rápido possível, já que visa imunizar 15 milhões de pessoas até meados de fevereiro.

Por isso as farmácias são tão importantes na ajuda da aplicação das vacinas no Reino Unido.

farmácias ajudam na vacinação no Reino Unido

Assim, o governo pretende vacinar as pessoas nas quatro camadas consideradas de maior risco.

São elas: idosos, clinicamente vulneráveis, profissionais de saúde e da assistência social da linha de frente.

Elas devem, então, ser imunizadas até 15 de fevereiro, algo que exigiria mais de 2 milhões de vacinações por semana.

O programa de vacinação que o governo diz estar sendo implementado mais rápido do que seus vizinhos europeus, ajudará a abrir uma maneira de sair de um novo bloqueio que começou na Inglaterra na semana passada.

Farmácias pedem para auxiliar na vacinação 

CRF-SP luta para incluir farmacêuticos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 

Fonte: CNN Brasil

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário