Hypera Pharma vende centro de distribuição em Goiânia por R$ 231,4 mi

Os recursos obtidos com essa venda serão utilizados principalmente para financiar o projeto de expansão da capacidade fabril da Companhia em Anápolis

No último dia 8 de abril, a Hypera Pharma comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que realizou a venda do seu Centro de Distribuição (CD) de Goiânia, pelo valor de pelo valor de R$231.463.907,51.

O CD de Goiânia era dedicado à antiga operação de produtos de consumo da Companhia e estava locado a terceiros.

A venda do CD de Goiânia está alinhada com a estratégia da Hypera Pharma de concentrar a alocação de seu capital em iniciativas que fomentem o seu crescimento sustentável no mercado farmacêutico brasileiro.

E os recursos obtidos com essa venda serão utilizados principalmente para financiar o projeto de expansão da capacidade fabril da Companhia em Anápolis.

A conclusão da venda do CD de Goiânia está sujeita a certas condições precedentes estabelecidas no Contrato.

E, assim, a Companhia manterá o mercado oportunamente atualizado sobre as informações relevantes relacionadas a esse assunto.

Resultado da Hypera Pharma em 2020

Em 2020 a farmacêutica Hypera Pharma anunciou a compra do portfólio de medicamentos da Takeda (dona de remédios como Neosaldina e Dramin), e a compra da Simple Organic Beauty, empresa de produtos de beleza orgânicos e veganos.

Também foi em 2020 que ela concluiu a aquisição da família de produtos Buscopan e Buscofem, em um negócio de 1,3 bilhão de dólares.

No terceiro trimestre do ano passado, a empresa teve lucro líquido de 345,6 milhões de reais.

O que representa, contudo, alta de 29,4% ante os 267,2 milhões de reais registrados no mesmo período de 2019.

Já a receita líquida chegou a 1,08 bilhão de reais, alta de 7,9% em relação ao mesmo período de 2019.

O maior patamar já registrado pela companhia em um trimestre, desde que passou a concentrar suas operações exclusivamente no mercado farmacêutico.

No entanto, a margem bruta recuou para 64% no terceiro trimestre, 3,5 pontos percentuais a menos que no mesmo período de 2019.

Já o resultado financeiro foi negativo em 36,39 milhões de reais, ante 8,93 milhões de reais positivos do terceiro trimestre de 2019.

O endividamento líquido da empresa no trimestre foi de 637 milhões de reais.

Os destaques negativos se devem principalmente às aquisições recentes.

A Hypera fez uma emissão de debênures para financiar a aquisição das marcas Buscopan e Buscofem e do portfólio da Takeda.

A redução de margem foi alvo de alerta para o BTG Pactual em relatório divulgado à época.

Ainda assim, os analistas do banco afirmaram que veem uma “uma melhora no momentum“ da companhia, em parte por conta das recentes aquisições.

Hypera Pharma investe R$11 milhões em projeto para recuperação do rio Araguaia 

Fonte: Hypera Pharma

Foto: Exame

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário