fbpx

Imunização contra sarampo e poliomelite atinge 95% de adesão

Cenário de vacinação ainda é baixo no Brasil

Após ter problemas de baixa adesão e ter que prorrogar por 15 dias a campanha de vacinação, o Brasil atingiu a meta de vacinar 95% das crianças de um ano de idade até as menores de cinco anos contra sarampo e poliomelite.

Os dados, divulgados pelo Ministério da Saúde (MS), revelam que, dois dias após o encerramento da campanha, 95,4% das crianças já tinham sido vacinadas contra a pólio e 95,3% contra o sarampo – índice considerado ideal para a prevenção de surtos.

Apesar do avanço, o cenário de imunização ainda não é homogêneo no Brasil e em todas as faixas etárias. A maior dificuldade está entre as crianças de um ano, onde somente 88% da população foi vacinada. Nas demais faixas etárias, a meta já foi atingida.

De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues, uma das hipóteses é que pais tenham deixado de levar os filhos aos postos de saúde por acharem que a aplicação de uma nova dose não seria necessária. A campanha, porém, previa vacinar inclusive crianças que já tenham sido imunizadas.

O foco está em reforçar a proteção contra as duas doenças, corrigir possíveis falhas vacinais – quando a proteção é menor do que a esperada por diferenças no sistema imunológico – e impedir novo avanço do sarampo no Brasil.

Fonte: Folha de São Paulo
Foto: Shutterstock

Deixe um comentário