A indústria marca presença na Abradilan Conexão Farma

Superando as expectativas todos os anos, a Abradilan Conexão Farma contou com mais de cem expositores em três dias de evento na capital paulista

Em março último, ocorreu a 14ª Abradilan Conexão Farma, no São Paulo Expo, em São Paulo, capital. Mais de cem expositores dos setores farmacêutico, cosmético e bem-estar estiveram presentes no evento. 

Para o presidente da Associação Brasileira de Distribuição e Logística em Produtos Farmacêuticos (Abradilan), Juliano Vinhal, a cada ano, a feira se consolida como um evento de segmento completo, que une as cadeias do setor, varejo, distribuição e indústria.

O crescente número de participantes na feira é um dos indicadores de que a Abradilan Conexão Farma é um dos principais eventos do setor farmacêutico. O ponto positivo é confirmado por empresas que apoiam o evento.

“A feira da Abradilan é um momento esperado e muito importante, em que conseguimos discutir um pouco sobre o rumo do nosso mercado. Onde encontramos toda a cadeia, a indústria, a distribuição e o varejo, estarmos juntos e discutir um pouco para onde a gente quer ir, quais são as tendências e para onde levaremos o nosso negócio”, comenta o gerente nacional de vendas da EMS, Paulo Francisco Marques Junior.

O diretor de marketing da Natulab, Zeca de Lucca, concorda dizendo que é uma feira muito importante, que reúne todos os principais clientes para bater um papo e fazer ações promocionais e lançamentos. A empresa, por exemplo, aproveitou a Copa do Mundo para levar três jogadores de futebol à Abradilan: Vampeta, Zé Maria e Ademir da Guia.

Esse relacionamento não é à toa. Para a diretora executiva da Neo Química, Vivian Angiolucci, no momento de reunião na Abradilan, todos podem discutir tudo que deu certo durante todo o ano que passou e discutir o que pode ser feito de diferente no próximo ano para ter mais sucesso.

“Nós temos distribuidores em todos os estados do País e isso tem fortalecido muito o nosso relacionamento e a parceria com a Abradilan. Também tem nos propiciado um atendimento de melhor qualidade ao nosso consumidor e ao nosso ponto de venda (PDV) final. Eles têm atendido com rapidez e eficiência, o que nos dá segurança dos produtos com a melhor distribuição possível”, destaca o diretor comercial da Eurofarma, Donino Scherer Neto.

Oportunidade de negócios

Mas os três dias não são apenas para relacionamento. O VP Managing Director da Medquímica, Ricardo Lourenço, revela que a feira sempre representa um volume de negócios bem significativo. Em 2017, por exemplo, a empresa superou as expectativas de negócios entre 30% a 40%.

“Cerca de 80% da nossa demanda é gerada dentro da Abradilan Conexão Farma, por conta de uma grande rede de parceiros e distribuidores. Participar da feira é uma grande oportunidade de negócios e relacionamento. Todos os anos, registramos um crescimento significativo das vendas e, neste ano, esperamos um incremento ainda maior”, avalia o diretor-geral da Sandoz, Mariano De Elizalde.

Onde existe relacionamento e negócios há, também, lançamentos de produtos. A Prati-Donaduzzi escolheu a feira para lançar seu primeiro produto patenteado. De acordo com o presidente da companhia, Eder Maffissoni, Sensilatte é um produto que além de resolver o problema de quem tem a intolerância à lactose, traz a inovação de não ser necessário usar água para ser consumido, além de o efeito ser instantâneo. O produto foi patenteado em todo o mundo, não somente no Brasil.

“Nós estamos com vários itens para ser lançados este ano e já fizemos, na Abradilan, uma pré-venda com os principais parceiros que visitaram o estande”, comenta a gestora de negócios e relacionamento da Cifarma, Cristina Guimarães.

O crescente número de participantes na feira é um dos indicadores de que a Abradilan Conexão Farma é um dos principais eventos do setor farmacêutico. O ponto positivo é confirmado por empresas que apoiam o evento

Atender a novos nichos é um dos motivadores para a criação de produtos. A Omron, por exemplo, foca na marca InalaMax para as classes C e D. De acordo com o CEO da empresa, Wanderley Cunha, o foco é em desenvolver uma marca exclusiva que estará, principalmente, nas regiões de maior concentração deste público.

Por outro lado, a companhia está lançando, também, uma linha de inaladores premium. Seus grandes diferenciais são o tamanho (cabe na palma da mão), além de ter o menor ruído entre os inaladores de ar comprimido. “Até pelo estado gripal da pessoa, ela não fica legal, quando você dá um produto que faz muito barulho, acaba incomodando”, comenta Cunha.

A Omron levou, também, uma inovação tecnológica ao evento. O LD Mobile é um Veículo Autônomo Inteligente (AIV) projetado para aumentar a produtividade em processos industriais e operações logísticas. Na feira, ele foi usado para interagir com as pessoas e convidá-las a visitar o estande da feira. Dotado de Inteligência Artificial (IA), ele para e desvia das pessoas sem que seja necessário que alguém o controle.

Além dos produtos, a indústria aposta em novas apresentações que chamem mais a atenção do cliente. É o caso da Pharlab, que revela suas novas embalagens. Para o presidente do laboratório, Eduardo Martins, os produtos Over The Counter (OTC) estão com nova roupagem e serão lançados aos poucos, durante o ano.

Resultados consolidados

Para os expositores do evento, 2018 foi um ano, também, de comemorações. A Merck acaba de comemorar o aniversário de 350 anos. Segundo o diretor comercial CMC & GM da empresa, Edu Lima, é a indústria farmacêutica com maior longevidade no Brasil e é de extrema importância falar sobre isso em uma feira como a Abradilan.

“Esse é o primeiro ano que a Biosintética participa da feira com um estande e o resultado foi excepcional. Trouxemos a linha de genéricos para o canal e o nosso objetivo foi estar próximo dos parceiros e clientes do canal de distribuição”, comemora o gerente de marketing de genéricos do Aché, Carlos Roberto dos Santos Júnior.

Para o presidente do Conselho Administrativo do Laboratório Teuto, Ítalo Melo, uma das conquistas do Teuto é o crescimento em diferentes linhas de produtos, não somente de genéricos. “Os equivalentes são complementares aos genéricos, mas é importante o equivalente porque é construção de marca, então fideliza e cria confiança entre a marca e o consumidor. É uma opção a mais. É ótimo que o Teuto esteja crescendo tanto em genéricos, mas a gente é cada vez mais uma solução completa de saúde.”

É crescente, também, a presença da indústria de Higiene & Beleza (H&B) na Abradilan. A Dailus, com foco em maquiagens e esmaltes, é uma delas. “O canal farma é de extrema importância para a categoria de maquiagem. A Nielsen coloca o canal com uma representatividade de mais de 50% do mercado. Então, estar presente é muito importante”, comenta o gerente comercial da empresa, Carlos Antonelli.

Corrobora com a crescente demanda a Italian Color, que lançou na feira a Donna Professional Color, uma linha de tinturas de cabelo profissionais vendida ao consumidor final. De acordo com o gerente de marketing da companhia, Décio Alcântara, a empresa aposta que esse mercado continuará crescendo e o canal farma será um aliado nos bons resultados.

“A Fini percebeu a grande oportunidade de unir o potencial de vendas do canal farma com consumidores mais exigentes, que buscam a combinação de indulgência e funcionalidade. Em setembro de 2015, foi criada uma comissão Farma, unindo as áreas de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), produção, marketing, trade, comercial, supplychain e compliance para juntos buscar a indulgência ideal para esses consumidores”, comenta o gerente executivo Farma da Fini, Daniel Carvalho.

É o caso, também, da Linx, empresa especializada em softwares de varejo. “A gente conseguiu um grande objetivo, que era expor as nossas soluções. Tivemos um aumento de portfólio e lançamos, na feira, o Linx Promo, além de contar ao mercado sobre uma nova incorporação. Fizemos a aquisição da ITEC, uma grande empresa de software para farmácias”, salienta o diretor do segmento de farmácias da companhia, Rogério Vieira.

Polêmica nos fármacos

Edição 306 - 2018-05-01 Polêmica nos fármacos

Essa matéria faz parte da Edição 306 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.