Medicamentos para combater o câncer de pele apresentam alta

De acordo com as Farmácias APP, as vendas da categoria tiveram aumento de 30,2% nas farmácias, quando comparado os anos de 2020 e 2021

Com a chegada do verão, surge a necessidade de um olhar mais atento para os cuidados com a pele. Isso significa que a exposição em excesso e a falta da devida proteção são os principais fatores de risco do câncer de pele.

De acordo com o Farmácias APP, aplicativo de vendas online de saúde e beleza, houve um aumento de 30,2% na venda de medicamentos para o tratamento da doença, quando comparado o ano de 2021 ao ano de 2020.

Ainda de acordo com a companhia, de dezembro de 2020 a dezembro de 2021, no Top 5 medicamentos mais vendidos para o tratamento do câncer de pele, estão: Keytruda, que desponta em primeiro lugar, sendo responsável por 34,7% do faturamento das farmácias. Opdivo aparece em segundo, com 23,8%, seguido de Temodal com 6,6%, Ixium com 6,2% e, por último, B-Platin com 5,4%.

Medicamentos para o tratamento de câncer de pele

Enquanto aos tipos de câncer de pele, medicamentos para o tratamento de Melanoma, o tipo mais grave da doença, ocupam a primeira posição, com 83,4% das vendas da categoria. Em seguida, com 9,5%, para o tratamento de Carcinoma Basocelular, o tipo mais comum e que começa nas células basais. Em último lugar, estão medicamentos para o tratamento de Carcinoma Epidermoide, tumor maligno que surge especialmente nas regiões do corpo mais expostas à radiação, com 7,1%.

Além disso, em dezembro do ano passado, o medicamento Keytruda, indicado em pacientes adultos para tratar o Melanoma, continuou com a primeira posição entre os mais vendidos, com um faturamento de 43,3%. Da mesma forma, Melanoma permaneceu em primeiro lugar entre os tipos de câncer de pele que demandaram maior compra de medicamentos para o tratamento da doença, com 87,3% do valor total por faturamento das farmácias.

“Embora o verão seja uma das estações mais aguardadas pelo brasileiro, o câncer de pele atualmente é um dos mais frequentes no país. Além de se manter em alerta aos fatores de risco, é importante evitar exposições em excesso à radiação solar e adotar alguns cuidados, como o uso de protetor solar e manter-se hidratado constantemente. O ideal é manter uma rotina de acompanhamento médico, tendo em vista que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura” recomenda o gerente comercial do Farmácias APP, Yago Ruegg.

No que diz respeito aos produtos mais vendidos para evitar o câncer de pele e aproveitar a estação, os itens mais procurados em dezembro de 2021 foram, respectivamente, os protetores Sundown, Nivea Sun, Solar Expertise, Vichy Ideal Soleil, Sunless e Roc Minesol. Além desses, os bronzeadores  Cenoura&Bronze e Australian Gold também ocuparam espaço no ranking de produtos mais usados pelos brasileiros no início do verão.

No comparativo mensal, dezembro de 2021 apresentou o maior índice de compras, com 15,4%.

Enquanto em 2020, o mês foi responsável por 13,9% das vendas de produtos da categoria.

Entre esse período, o Sudeste foi o local com o maior número de vendas destes itens, com 48,7%.

Logo após, a região Sul com 23,6%, seguido do Nordeste com 17,5%, Centro-Oeste com 6,9% e, em último, a região Norte, que representou apenas 3,2% das vendas.

“Este ano, fevereiro levou muitos brasileiros a mudarem os planos e adiar aquela ida à praia, devido às chuvas contínuas e poucos dias de sol. No entanto, ainda estamos no verão e isso precisa ser considerado em relação aos efeitos nocivos causados pelos raios solares. A prevenção é importante e precisa continuar”, conclui Ruegg.

10 fatores de risco para o câncer de pele 

Fonte: Farmácias APP

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário