Mercado de suplementos vitamínicos cresce 47,8% em faturamento em 2020

O segmento foi o grande impulsionador do crescimento do mercado farmacêutico em 2020, com crescimento de 47,8% em faturamento, de acordo com o IQVIA

O mercado de suplementos vitamínicos é estimado em 3,5 bilhões de reais.
O segmento foi o grande impulsionador do crescimento do mercado farmacêutico em 2020, com crescimento de 47,8% em faturamento, de acordo com o IQVIA.

Um exemplo é o da farmacêutica Cimed, que conta com mais de 50 itens em seu portfólio. Se comparado com 2019, a farmacêutica teve incremento de 89% em unidades e 94% em faturamento.

Mercado de suplementos vitamínicos

Para viabilizar o lançamento do Lavitan 5G, a Cimed investiu em torno de R$15 milhões.
O valor engloba a construção, montagem e instalação de uma linha de produção exclusivamente dedicada à efervescentes, dentro da planta operante, em Pouso Alegre (MS).
No entanto, somam-se aos investimentos a pesquisa e o desenvolvimento do produto, concebido pela farmacêutica.
Caso operasse em sua capacidade máxima, a linha de efervescentes conseguiria, por exemplo, produzir 10 milhões de comprimidos por mês.
“Esse crescimento é possível devido às oportunidades, já que menos de 20% dos brasileiros consomem vitaminas e suplementos”, comenta a vice-presidente da Cimed, Karla Marques Felmanas.
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário