Tapajós prevê novas drogarias e expande distribuidora

Em cerca de um mês, a empresa abrirá sua primeira dark store, em Manaus, para concentrar os pedidos do e-commerce

Com 125 drogarias em operação na região Norte, o Grupo Tapajós quer elevar seu faturamento em 15% em 2022, para R$ 1,4 bilhão.

No ano passado, a soma foi de R$ 1,2 bilhão, alta de 12%.

“Abriremos 20 operações próprias, com a bandeira Santo Remédio, e entre 50 e 100 franquias da Flexfarma até o final do ano, inicialmente apenas na cidade de Manaus (AM). Com a Santo Remédio, os focos serão as cidades de Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Manaus.” Já a bandeira FarmaBem não tem expansão prevista para 2022.

Distribuição em novos estados

Para os próximos cinco anos, a meta é ampliar a presença nas localidades em que o Grupo Tapajós já atua. Apenas Manaus é visto como um mercado que deverá tornar-se saturado.

“O varejo farmacêutico continua em forte expansão e a região Norte vai ter a entrada de concorrentes nacionais”, analisa, então, Fernando.

Neste ano, a operação de atacado da empresa também começará a funcionar em outros estados, com estreia no Amapá e no Maranhão.

O centro de distribuição, por exemplo, localizado em Porto Velho, vai dobrar de tamanho.

“Estamos fazendo mudanças na parte logística, incluindo o modal de transporte aéreo. Hoje, leva-se 30 dias entre a compra da mercadoria e a sua chegada a Manaus. Queremos diminuir esse tempo para 10 dias.”

Aproximação com a Indústria

O Grupo Tapajós vai direcionar R$ 1 bilhão para compras da indústria em 2022. Do total, R$ 10 milhões serão aplicados em trade marketing.

“Fizemos uma rodada de negócios em São Paulo, para nos aproximarmos das indústrias farmacêuticas.”

Em cerca de um mês, a empresa abrirá sua primeira dark store, em Manaus, para concentrar os pedidos do e-commerce.

“As lojas continuarão de apoio, oferecendo serviços como prateleira infinita”, ressalta o diretor.

Com participação de 5% nas vendas, a operação digital, que inclui televendas, é concentrada em aplicativos de last mile como iFood.

Já o site próprio está em fase final de desenvolvimento, com lançamento previsto para 90 dias.

“Essa frente de app tem um driver grande de crescimento e vai começar um trabalho de trade”, conclui Fernando.

Fonte: GiroNews

Foto: Grupo Tapajós

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário