CVS Health registra alta de 12,5% na receita no último trimestre de 2018

Em 2018, receita aumentou 5,3% em relação ao ano anterior, alcançando US$ 194,6 bilhões

A CVS Health Corporation anunciou os resultados operacionais para os três últimos meses do ano passado e do ano encerrado em 31 de dezembro de 2018. No ano, a receita aumentou 5,3%, para US$ 194,6 bilhões. Somente no último trimestre do ano passado, a receita cresceu 12,5%, alcançando US$ 54,4 bilhões.

Segundo o presidente e diretor executivo, Larry Merlo, 2018 foi um ano marcante para a CVS Health já que foi o período no qual foi concluída, com sucesso, a fusão com a Aetna, transação que movimentou US$ 70 bilhões. “Iniciamos a implementação efetiva de nossa estratégia de integração e tomamos medidas importantes para construir o modelo de assistência médica integrada que trará valor para as nossas várias partes interessadas. Tivemos um forte desempenho financeiro e atingimos nossas expectativas operacionais”, disse o executivo.

Com a conclusão da aquisição da Aetna, a CVS Health estabeleceu um cenário para se destacar em um mercado que está se transformando rapidamente. “Nossa combinação única impulsionará o crescimento acima do mercado em toda a empresa. Manter nosso foco em produtos e serviços gerará um valor significativo para os consumidores e pagadores, ao mesmo tempo em que melhorará nossa lucratividade e o valor que retornamos aos acionistas. Em última análise, nosso modelo de plataforma aberta nos permite atender às necessidades de todos os pagadores com produtos e serviços recém-criados. Estamos mais empolgados do que nunca com as oportunidades que temos pela frente”, acrescentou Merlo.

O lucro operacional ajustado (EBITDA) aumentou 4,5% e 2,5% nos últimos três meses e no exercício encerrados em 31 de dezembro de 2018, respectivamente, em comparação com o ano anterior. O crescimento dos lucros foi impulsionado, entre outros motivos, pelo aumento do volume de prescrição, pela melhora na economia de compras e pela adição da Aetna nos negócios.

Para este ano, a CVS Health espera continuar gerando fluxos de caixa fortes, entre US$ 9,8 bilhões e US$ 10,3 bilhões. “2019 será um ano de transição à medida que integramos a Aetna e nos concentramos nos principais pilares de nossa estratégia de crescimento. Estamos plenamente conscientes da necessidade de abordar o impacto de certos ventos contrários que estão tendo um impacto desproporcional em 2019 em comparação com anos anteriores e, mais importante, estamos tomando ações abrangentes para ultrapassá-los. Entendemos a importância de equilibrar a execução no curto prazo com a visão de longo prazo e estamos confiantes de que nossas ações nos posicionarão bem em 2020 e além”, prevê Merlo.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Walgreens adota tecnologia móvel para melhorar experiência de compras

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário