Manaus recebe cilindros de oxigênio de São Paulo e da White Martins

Dois aviões da FAB fizeram o transporte do material para ajudar os hospitais da capital do Amazonas, que entraram em colapso após recorde das internações por Covid-19

Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) carregados com cilindros de oxigênio chegaram a Manaus no início da madrugada desta sexta-feira (15). Eles foram enviados de Guarulhos para, assim, ajudar na crise de saúde que assola o estado do Amazonas.

O sistema de saúde amazonense entrou em colapso após as internações por Covid-19 no estado baterem recorde.

De acordo com informações da FAB, os dois aviões Hércules que levavam os cilindros para Manaus decolaram do Aeroporto Internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (14).

O último voo saiu por volta das 20h30, com 6 cilindros de oxigênio. As aeronaves pousaram na capital amazonense no início da madrugada desta sexta-feira.

No total, 386 cilindros de oxigênio foram transportados, com mais de 18 toneladas.

A saber, eles serão utilizados, então, pelos hospitais no atendimento aos pacientes da Covid-19 no estado.

Mais ajuda com cilindros de oxigênio para Manaus

A empresa White Martinsprincipal fornecedora de oxigênio do governo do Amazonas, também conseguiu disponibilizar cilindros para o estado.

Dessa maneira, ao todo, foram 150 cilindros, sendo 80 destinados ao interior do estado e os outros 70 para unidades hospitalares da capital.

De acordo com a Polícia Militar, duas viaturas com oito policiais realizaram a escolta dos cilindros de oxigênio para agilizar a chegada do material.

A empresa também informou ter identificado a disponibilidade do produto em suas operações na Venezuela e que neste momento está atuando para viabilizar a importação do produto para a região”.

Fonte: G1

Foto: Parintins Amazonas

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário