Estresse, ansiedade e insônia: inimigos da boa imunidade

O estresse, a ansiedade e a insônia são distúrbios que sobrecarregam o organismo, afetando o seu equilíbrio e impactando negativamente no sistema imune.

Quando está sob essas condições, o organismo aumenta o nível de cortisol – hormônio responsável por, entre outros, controlar o estresse, reduzir inflamações e contribuir para o funcionamento do sistema imune –, criando um estado de alerta dentro do corpo.

“Quando se está muito estressado, o corpo fica neste estado permanentemente, gastando energia para combater um inimigo que não vem, inibindo as células do sistema imunológico”, explica a imunologista do Hospital Samaritano de São Paulo, Dra. Nathália Coelho Portilho.

Assim como acontece com o estresse, a insônia também resulta em sobrecarga física e emocional com consequências sobre a imunidade. “Sem o sono reparador que restaura o organismo e suas funções físicas e mentais, o sistema imunológico ficará comprometido e sem capacidade plena de atuar em defesa do corpo”, comenta o médico especialista em Homeopatia e Acupuntura pela Associação Médica Brasileira (AMB), Dr. Roberto Debski.

Conheça mais sobre o sistema imunológico, a proteção invisível.

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print
Pesquisas farmacêuticas

Edição 295 - 2017-06-01 Pesquisas farmacêuticas

Essa matéria faz parte da Edição 295 da Revista Guia da Farmácia.

Deixe um comentário