O que é Cefaleia Tensional?

Esse tipo de dor de cabeça é bastante comum e está relacionada com o estresse

A cefaleia tipo tensional é bastante comum, com prevalência ao longo da vida da população geral entre 38% e 78%, segundo a Classificação Internacional de Cefaleias, 3ª edição. “De maneira geral, são dores com as quais as pessoas não se incomodam tanto. As dores são como um peso, na cabeça inteira, não costumam ser intensas a ponto de incapacitar o paciente, não dão náuseas e não pioram com o esforço físico”, cita o neurologista do Hospital Samaritano.

Diferente da enxaqueca, a cefaleia tensional costuma durar pouco – sendo comuns episódios de apenas meia hora ou algumas horas do dia. Para se tornar frequente, é preciso que haja ao menos dez episódios de cefaleia entre um e 14 dias, por mais de três meses. Em casos de episódios diários ou contínuos, a doença passa a ser considerada crônica. 

“Crises de cefaleia tensional podem ocorrer no contexto de situações de maior estresse ou de privação de sono, além em alterações do estado de humor, às vezes de forma mais prolongada, como os quadro depressivos. Técnicas de relaxamento e atividade física podem ser úteis na prevenção desses casos”, diz o neurologista do Hospital Sírio-Libanês.

Saiba mais sobre a dor de cabeça, que acomete quase toda a população.

Foto: Shutterstock

Brasileiro deixa a desejar

Edição 297 - 2017-08-01 Brasileiro deixa a desejar

Essa matéria faz parte da Edição 297 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.