Destaques & lançamentos

Sanofi e Medley lançam bula digital para facilitar a vida dos pacientes e profissionais de saúde

Projeto une informação e tecnologia que agiliza a atualização das informações dos medicamentos

Sanofi encontrou a oportunidade de agregar mais uma facilidade na jornada de saúde dos pacientes, com foco na inovação e tecnologia com a “Bula Digital”.

A partir deste mês, as embalagens passam a contar com a “Bula Digital”, projeto pioneiro desenvolvido pela Sanofi Brasil e Medley, a partir de um QR nas embalagens dos produtos com as informações de bula de forma digital e sem a necessidade de um aplicativo.

No entanto, a bula impressa será mantida.

O funcionamento é simples:

Ao apontar a câmera do smartphone para o código, o consumidor é redirecionado automaticamente para a versão mais atualizada da bula do produto.

“A Bula Digital tem a intenção de encurtar a distância entre a informação e a saúde utilizando a tecnologia como parceira. O projeto foi inteiramente desenvolvido pela Sanofi Brasil e Medley com um time grande por trás para garantir a agilidade e o acesso às informações de bula, e assim seguirmos com a missão de caminhar sempre ao lado de nossos pacientes e evitar a busca por informações em plataformas que não são confiáveis”, reforça o Head de Aceleração Digital da Sanofi, Marcelo Nadruz.

Portanto, a bula digital será disponibilizada de forma simples e fácil de navegar.

Com a opção de busca por palavra-chave e zoom para melhor leitura, facilitando, então, para o paciente na hora de saber informações sobre o medicamento.

Além disso, há também a possibilidade de obter as informações em pdf, através de um endereço URL, via download para qualquer dispositivo.

Possibilitando, então, o armazenamento e a consulta dos dados a qualquer hora.

Veja os detalhes do funcionamento no canal da Sanofi no YouTube.

Sanofi Pasteur lança portal com orientações práticas sobre vacinação 

Fontes: Sanofi Brasil e Medley

Foto: Shutterstock

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

1 comentário

  1. Apoio, com tanto que mantenha as Bulas impressas, eu mesmo, morador de São Paulo com 41 anos e nível Superior, tenho muitas dificuldades em ler QR Code com meu celular. Fico imaginando o quantas pessoas não estariam sendo excluídas caso tudo fosse 100% eletrônico.
    Acredito que quanto mais acesso a informação melhor. Mas nao dá pra abrir mão da velha Bula Impressa. Isso seria um retrocesso.
    Minha querida avó de 94 anos faz questão que eu sente ao lado dela e leia a folha da Bula para ela. É Cultural!
    Leia sempre a Bula, exija a Bula!

Deixe um comentário