fbpx

São Paulo recebe debate sobre mercado do canabidiol

Promovido pelo Lide Futuro, especialistas discutirão oportunidades, desafios e entraves legais deste mercado

Amanhã (13), a Casa Bisutti, localizada na Vila Olímpia, em São Paulo, recebe o maior evento do Lide Futuro.  A Lide Futuro é uma plataforma de conteúdo, experiência e networking para jovens lideranças. Nesta edição, o Like The Future é intitulado Cannabusiness: um mercado bilionário. A proposta, portanto, é trazer um intenso debate sobre o potencial de mercado do composto da Cannabis Sativa no Brasil e no Mundo, o canabidiol (CBD).

O encontro, que será fechado para filiados do Lide Futuro e empresas do setor, contará com a participação do CEO e sócio-fundador da VerdeMed, José Bacellar. Também estará presente a usuária legal de medicamentos à base de canabidiol e defensora da regulamentação pró liberação, Mara Gabrilli. Outra presença é da CEO da fundadora da Dr. Cannabis, Viviane Sedola.

Veja Mais

O encontro debaterá tanto oportunidades, desafios e entraves legais, bem como o panorama que se abre para o Brasil com o início do trâmite de regulamentação da Anvisa para facilitar o comércio de produtos médicos ainda repletos de tabus sociais.

Também confirmaram presença no evento a diretora da Segunda Diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Alessandra Bastos Soares. Também o fundador e CEO da OnixCann|Cantera, canal de distribuição de cannabis medicinal em toda a América Latina, Marcelo Galvão. Além desses, Caio Santos Abreu, fundador e CEO da Entourage Phytolab, primeira companhia brasileira de pesquisa e desenvolvimento de medicamentos à base de cannabis. Por fim, Dr. Junior Gibelli, diretor de Assuntos Médicos da HempMeds™ Brasil, que atuou em  instituições como Unesp, University of Chicago, UCF, Harvard Medical School e Médicos sem fronteiras, entre outras.

Debate sobre mercado de canabidiol: potencial bilionário

De acordo com a consultoria Brightfield Group, o segmento de derivados da Cannabis Sativa movimentará US$ 23 bilhões até 2022 apenas nos Estados Unidos. No Brasil, o uso medicinal da substância já é uma realidade. Desde que a Anvisa autorizou o uso terapêutico de canabidiol, em janeiro de 2015. Desde então, mais de 78 mil unidades de produtos foram importados pelo país.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma recomendação para que não categorizem o canabidiol como uma droga. Já que, com uso terapêutico, não existe risco de dependência. De acordo com levantamento da New Frontier Data, o mercado pode movimentar cerca de R$ 4,4 bilhões. Isso equivale a 6,3% do total do faturamento da indústria farmacêutica brasileira.

“Foi preciso estudar o assunto à fundo para levar o mais completo e atualizado panorama da indústria da cannabis medicinal ao palco. E ainda debatido pelos maiores experts, as maiores e mais sérias empresas do mercado juntamente ao poder público. No dia 13 de agosto, 350 líderes e convidados vislumbrarão a nova transformação global e nacional fomentada pelo CANNABUSINESS”, afirma a CEO do grupo, Laís Macedo.

Fonte: Guia da Farmácia

Fotos: Shutterstock/ divulgação

Presidente da Anvisa afirma que a regulamentação da cannabis acontecerá ainda este ano

Deixe um comentário