SP fecha shoppings e academias e 3ª morte é confirmada

Segundo o governo do estado, a decisão foi tomada em conjunto com os gestores de shoppings centers para preservar população e funcionários

Para enfrentar a epidemia do coronavírus, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recomendou, nesta quarta-feira, 18, fechar os shoppings center e academias da região metropolitana. A orientação é para que os centros comerciais parem as atividades entre 19 e 23 de março. Os estabelecimentos devem ficar fechados até 30 de abril.

O Estado já registrou mortes em decorrência da doença e também têm transmissão comunitária sustentada, quando não se sabe mais a origem da infecção em novos pacientes.

A medida não é válida, por enquanto, para os shoppings do interior e litoral do estado de São Paulo. Na coletiva de imprensa, o governo salientou que a decisão foi tomada em parceria com os gestores de shoppings e que, os serviços online, continuam funcionando.

“O foco agora não é maximizar receita dos shoppings, mas maximizar segurança da população”, afirmou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico. Doria acrescentou que pediu aos empregadores que não demitam seus funcionários. “Faço apelo para que empregadores não se precipitem e criem condições para que os funcionários sejam preservados”, disse.

Terceira morte no País

Na tarde desta quarta-feira, 18, dois novos pacientes morreram após infecção pelo novo coronavírus. As vítimas tinham 65 e 80 anos, e estavam internados há três dias no Hospital Santa Maggiore, no bairro do Paraíso, em São Paulo.

A Secretaria Estadual da Saúde e o Ministério da Saúde ainda não atualizaram o balanço de óbitos nesta quarta.

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário