Abbott anuncia o Futuro dos Biowearables no CES (Consumer Electronics Show)

Abbott é a primeira empresa de cuidados para saúde a ser destaque no CES

A Abbott é a primeira empresa de cuidados para saúde a estar no palco principal do evento de tecnologia mais influente do mundo, fazendo história na CES.

O Presidente e CEO da Abbott, Robert B. Ford, apresentou o evento “Human-Powered Health: Unlocking the Possibility of You”.

“A tecnologia nos dá o poder de digitalizar, descentralizar e democratizar a saúde, criar uma linguagem compartilhada entre você e seu médico, proporcionando a você mais controle de sua saúde”, disse Ford. “Estamos criando um futuro que trará a você e a seus entes queridos um cuidado mais personalizado e preciso. Está acontecendo agora. E o potencial disso é incrível.”

Lingo – Falando a linguagem única do seu corpo

Durante a apresentação, a Abbott anunciou que está desenvolvendo uma nova categoria de biowearables (biosensores) de consumo chamada Lingo. Estes biowearables estão sendo projetados para traduzir a linguagem única do seu corpo em dados para ajudá-lo a monitorar e medir sua saúde e bem-estar geral. A tecnologia de sensor está sendo desenvolvida para rastrear os principais sinais do corpo, como glicose, cetonas e lactato, e um dia também poderá ser usada para mapear níveis de álcool.

“Será como ter uma janela em seu corpo”, disse Ford. “É uma ciência que você poderá acessar a qualquer momento, para entender o que seu corpo está dizendo e o que ele precisa. Nossa visão é que o Lingo irá muito além dos wearables de hoje para consumidores, pois irá ajudá-los a gerenciar proativamente a saúde, a nutrição e o desempenho físico.”

Lingo amplia a plataforma de tecnologia de detecção da Abbott, sendo empresa pioneira quando em 2014 permitiu que pessoas com diabetes monitorassem continuamente seus níveis de glicose por meio de um pequeno sensor na parte de trás do braço.

A atriz e comediante Sherri Shepherd compartilhou ao vivo no palco do CES como o FreeStyle Libre 2 mudou sua vida, fornecendo leituras de glicose, diretamente em seu smartphone, exclusivas para seu corpo e para que ela pudesse tomar decisões mais saudáveis.

A Abbott então criou esta plataforma de tecnologia para desenvolver um produto para atletas com o lançamento, em 2020, do Libre Sense Glucose Sport Biowearable na Europa. Atletas de elite, como o maratonista e detentor do recorde mundial, Eliud Kipchoge, usam este biowearable para otimizar a forma de nutrir seus corpos para um treinamento rigoroso. Lingo visa expandir o monitoramento de glicose para pessoas que buscam controlar o peso, melhorar o sono, a energia e a clareza no raciocínio.

A Abbott está projetando o Lingo para medir outros biomarcadores além da glicose no futuro. Um biowearable cetônico está sendo desenvolvido para rastrear as cetonas continuamente, conferir o quão rápido você está entrando em cetose e entender exatamente o que o mantém lá, fornecendo informações sobre dieta e perda de peso. Um biowearable de lactato está em desenvolvimento para rastrear o acúmulo contínuo de lactato durante o exercício, que pode ser usado como um indicador de desempenho físico.

O foco humano

Além das pessoas que demonstraram o impacto dos sensores da Abbott em suas vidas, Ford teve a companhia no palco de pessoas cujas vidas foram impactadas por dispositivos da Abbott, parceiros que se uniram para fornecer experiências seguras e libertadoras, além de outras pessoas visionárias do setor.

  • Tyrone Morris, um paciente com insuficiência cardíaca que tinha expectativa de vida de seis meses, compartilhou sua história sobre como ele superou essa previsão graças a três dispositivos da Abbott: HeartMate 3, CardioMEMS e um desfibrilador implantável. Hoje, Morris possui uma empresa de food truck e refeições em Humble, no Texas, onde se especializou em receitas com baixo teor de sódio.
  • Aaron McMillan, Diretor Executivo de Hospitalidade e Planejamento da United Airlines, e Dr. Patrice Harris, cofundador e CEO da eMed, uma empresa de saúde digital que democratiza a saúde por meio de sua plataforma de Point-of-CareTM, descreveram como se uniram à Abbott para ajudar as pessoas a voar com confiança e conveniência por meio dos autotestes BinaxNOW COVID-19[ii]. Os clientes da United podem fazer os testes de maneira supervisionada durante a viagem e ter seus resultados confirmados pelo aplicativo NAVICA da Abbott e verificados por meio do Travel Ready Center da United.
  • Dra. Fiona Gupta, do Sistema de Saúde Mount Sinai em Nova York, destacou como ela usa a NeuroSphere Virtual Clinic, uma tecnologia inédita nos Estados Unidos, que fornece estimulação cerebral profunda de maneira remota, para que médicos possam otimizar e ajustar os tratamentos pelo celular ou Wi-Fi, enquanto pacientes com mal de Parkinson e dores crônicas são consultados no conforto de suas salas de estar.
  • A Diretora do Centro de Computação Corporal da Universidade do Sul da Califórnia, Dra. Leslie Saxon, compartilhou sua visão de “Lifecare“, que aborda desde a prevenção de mortes súbitas até o aprimoramento do desempenho humano.
  • Dra. Mary Rodgers, uma caçadora de vírus da Abbott, compartilhou como uma rede pioneira chamada Coalizão de Proteção à Pandemias da Abbott – que vai do Brasil ao Senegal e Tailândia – está trabalhando para identificar novos vírus e ajudar a detê-los antes que possam se espalhar.
  • Dr. Hakim Bouzamondo, Chefe de Pesquisa & Desenvolvimento Nutricional da Abbott, compartilhou como a ciência por trás do microbioma pode otimizar a saúde geral por meio de uma nutrição personalizada.

Pesquisa da Abbott identifica que hábitos saudáveis devem seguir pós-pandemia 

Fonte: Abbott

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário