fbpx

Hypera Pharma é a campeã em Farmacêutica e Cosméticos no anuário Valor

A Hypera Pharma é a campeã da categoria “Farmacêutica e Cosméticos” do anuário Valor 1000 2019, que aponta as melhores em 25 setores e cinco regiões

A farmacêutica Hypera Pharma foi a primeira colocada na categoria “Farmacêutica e Cosméticos” do anuário Valor 1.000 2019. Os investimentos na expansão da capacidade produtiva, em inovação – principalmente no desenvolvimento de projetos incrementais – e no lançamento de novos produtos contribuíram para o bom desempenho registrado, no ano passado, pela Hypera Pharma no disputado mercado farmacêutico nacional. Além disso, também contribuíram para o reconhecimento no anuário Valor as operações da companhia, sustentadas por ações em marketing e pela ampliação do time de colaboradores. As áreas que ganharam colaboradores foram a comercial, de pesquisa e produção.

De acordo com o CEO da Hypera Pharma, Breno Oliveira, outro aspecto foi fundamental para os resultados. “Faz parte de nossa cultura a disciplina em relação a despesas com vendas e administrativas.” Uma sólida posição de caixa líquido possibilitou melhorar a rentabilidade e manter os investimentos em inovação, marketing e renovação das marcas de medicamentos da empresa que são líderes no mercado.

A Hypera Pharma cresceu 6,4% em 2018 em relação a 2017, com faturamento líquido de R$ 3,7 bilhões. O balanço relativo ao exercício passado apontou fluxo operacional acima de RS 1 bilhão. Além disso, contou com crescimento de 14,4% no período, margem de lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) superior a 35% e crescimento de 17,1 % no lucro líquido, para R$ RS 1,13 bilhão.

A operação da Hypera Pharma no mercado farmacêutico

A operação da Hypera Pharma no mercado farmacêutico brasileiro – o sexto maior do mundo – está organizada em três unidades de negócios. Uma delas é a de Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs), no qual detém a liderança. Na área de similares e genéricos, que atende por meio da marca Neo Química, o laboratório ocupa a vice-liderança. Contudo, na área de produtos de prescrição a farmacêutica está em sexto lugar. Os três segmentos têm pesos similares na composição dos negócios: o de prescrição médica responde por 40% do faturamento, enquanto os outros dois representam 30% cada um.

Entre os projetos executados em 2018, Oliveira destaca o de melhorias operacionais para suprir a crescente demanda do mercado. No complexo fabril na cidade de Anápolis (GO) foram aplicados em torno de RS 130 milhões. Com a aquisição de novos maquinários, otimização das instalações e melhoria contínua de processos, a Hypera Pharma aumentou em quase 15% a sua capacidade produtiva e conseguiu melhorar a eficiência logística. A inovação, um dos pilares do crescimento sustentável da Hypera, absorveu 5% da receita líquida da companhia no ano passado. As atividades nesta área se concentram no Hynova, o centro de pesquisa farmacêutica. Ele abriga mais de 400 profissionais qualificados, entre mestres e doutores. Dessa forma, eles buscam o desenvolvimento de medicamentos, dermocosméticos e nutracêuticos, utilizando tecnologia de ponta.

Planos da Hypera Pharma para o futuro

Para o exercício de 2019, o plano é manter a estratégia de investir em inovação. Dessa forma, lançando novos produtos e garantindo o crescimento da operação fabril. Até junho, foram destinados quase R$ 90 milhões à planta de Anápolis (GO). O time responsável pela visitação médica – que realiza mais de 200 mil visitas a médicos por mês – aumentou em 15% em relação ao final do ano passado. E para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos foram destinados 6% da receita líquida.

Entre as novidades apresentadas ao mercado até agora constam o Vitasay 50+. Assim, marcando o ingresso da companhia no mercado de polivitamínicos. Os polivitamínicos são considerados uma das maiores categorias do varejo farmacêutico brasileiro.

No portfólio de ofertas destacam-se 11 produtos que são o carro-chefe da operação da Hypera Pharma. Eles representam cerca de 40% das vendas. São marcas com faturamento acima de R$ 100 milhões cada uma. Nesta lista estão produtos antigripais, como o Benegrip, e adoçantes, como o Zero-Cal, além dos medicamentos Addera D3, Alivium, Coristina D, Episol, Epocler, Lisador, Neosoro, PredSim e Torsilax. Até 2023, a empresa espera ganhar mais 17 representantes.

A Hypera Pharma tem como meta alcançar lucro líquido de RS 1,2 bilhão este ano, o que representa uma expansão de 9,5% em relação ao obtido em 2018. No balanço relativo ao segundo trimestre de 2019, a companhia reportou lucro líquido de R$ 336,9 milhões. Este valor representa alta de 21,3% em comparação com o mesmo período do ano passado. A receita líquida cresceu 5,8%, para RS 973,5 milhões.

Outras presenças no anuário Valor

Além da Hypera Pharma, a lista contou com a presença da Blau, Cálamo, Aché, Cristália, Roche, Aspen Farmacêutica, Natura, Eurofarma e Germed.

Foto: Shutterstock
Fonte: Valor Econômico

Ranking IBEVAR elenca as maiores e mais admiradas varejistas do País



Deixe um comentário